Estamos de volta! #agoraSim #emChamas

“Em Chamas” abre a hipótese do incêndio. Depois de uma pandemia que nos confinou a outras realidades, temos vontade de aceitar o fogo dos ecrãs e despejar gasolina nas associações peliculares. De Abril a Junho, mesmo antes do Verão do nosso contentamento se instalar, mostramos filmes com combustões reais e imaginadas, piromanias ou só manias, num olhar cinematográfico sobre o que pode incendiar a humanidade. São incêndios oferecidos à tela sem Inverno. Homens e mulheres a arder, lenta e veladamente ou em chamas de fazer corar o mafarrico.O ciclo apresenta filmes de Oliver Laxe, Pablo Larraín, Terrence Mallick, Fatih Akin, Werner Schroeter e Maria Clara Escobar. A primeira sessão acontece com “O Que Arde”, do espanhol Oliver Laxe, a 22 de Abril. A premiada longa metragem de um dos nomes mais proeminentes do cinema galego actual segue Amador Coro, um pirómano condenado a quem o fogo nunca deixa de ser tentação.

Até final de Junho destaque ainda para “Ema”, de Pablo Larraín, retrato incendiado do Chile, em combustão por reggaeton e cores saturadas, ou para a primeira longa de Terrence Mallick, “Badlands”, com Martin Sheen e Sissy Spacek em modo lança-chamas pelo South Dakota. De Fatih Akin os cinéfilos apresentam “O Bar Luva Dourada”, história repleta de personagens grotescos em combustão por álcool e que surge como o segundo filme de terror a projectar pelo cineclube.

No regresso à sala do Centro Cívico Edmundo Pedro, em Alvalade, nota ainda para uma sessão especial paralela sobre a revolução dos cravos. A 26 de Abril projecta-se “Linha Vermelha”, de José Filipe Costa, um regresso a Torre Bela e ao cinema de Thomas Harlan décadas depois do PREC. E sobre isso ainda há novidades antes do Grândola Vila Morena.

____________________________________________

SESSÃO ESPECIAL 25 ABRIL

26 ABR – “Linha Vermelha” (José Filipe Costa)
____________________________________________

Programa completo ciclo EM CHAMAS:

22 ABR – “O Que Arde” (Oliver Laxe)
06 MAI – “Ema” (Pablo Larraín)
20 MAI – “Os Noivos Sangrentos” (Badlands, Terrence Mallick)
03 JUN – “Malina” (Werner Schroeter)
17 JUN – “O Bar Luva Dourada” (Fatih Akin)
DATA a CONFIRMAR – “Desterro” (Maria Clara Escobar)

Tags:
 
Go to Top